EDP – ou Estávamos De Pirraça

Bom, esta terça-feira devia ter começado de forma tranquila.
Melhor que a segunda. Foi pior. E já adivinham porquê.

Long story short: estou sem eletricidade desde as 8h da manhã e já me disseram que não é hoje que a vou ter. 

Long story long: em Agosto liguei para EDP pedi para fazer a mudança de nome no contrato da eletricidade da nova casa, eles disseram sim, senhor, não se preocupe, foram lá no dia seguinte e tudo. Impecável.

Achávamos nós. 

Quando hoje fiquei sem eletricidade, liguei para a EDP para tentar perceber o que se passou. Qual não é o meu espanto quando percebo que nem sequer tinham registo do pedido do contrato. Só para recapitular: houve uma chamada e houve um senhor que foi efectivamente ligar a eletricidade lá a casa!

Corta para 6214852498 chamadas depois e a conversa é a mesma. Já está o pedido feito de um novo contrato. Não pudemos mudar o nome, porque o corte foi por anulação de contrato anterior. Estão a analisar, vai demorar. Hoje não é de certeza. 

Já vos escrevo este post abatida pelo cansaço. Conversas repetidas, longos períodos de espera pelo meio dos telefonemas sem nada mudar. Não posso dizer que o apoio esteve mal, porque foram simpáticos e expeditos. Mas houve um erro que não foi do consumidor e é o consumidor que se lixa. Houve alguém que errou nas operações do lado da EDP e o prejudicado é o utente pagante.

A minha questão é: como? Como é que num mundo altamente digital não se resolve um problema tão básico num dia! Já nem digo em poucas horas…. que sejam muitas horas, mas no mesmo dia! Mais ainda: como é que não se resolve o mais rapidamente possível um problema que foi causado pela incompetência de um/a funcionário/a da empresa?

Claro está que liguei logo de seguida para a EPAL, não fosse o caso repetir-se. Caramba, já ia ser azar a mais. Tudo bem, não há stresses, asseguraram-nos.

Durante o dia fui passando pelas várias fases: negação, raiva, revolta, aceitação, tristeza. Qualquer coisa assim. Fiz muitas perguntas, repeti à exaustão o absurdo da questão, mesmo sabendo que quem está do outro lado do telefone pouco ou nada pode fazer para alterar algo tão profundo no ADN destas empresas: a impunidade da imcompetência. 

Enfim. Os passos seguintes serão reclamações formais. As que puder, nos canais que conhecer.

Por hoje é pensar em soluções alternativas e ir comprar velas. Que seja pelo bem do romance!  

 

Anúncios

One thought on “EDP – ou Estávamos De Pirraça

  1. Ahaha pareces eu mas ao contrário :D, eu só reclamo daqui lol. Deixa lá a Suecia vai estar sempre aqui, sempre podem voltar. Nós em 2005 depois de um ano de estar aqui, tb regressamos a Portugal e tive os melhores anos da minha vida! E eu nem tinha emprego para voltar 😀 (ele é que tinha). Como há sempre alguém que acha que estamos melhor que eles, eu vou-te dizer que inveja eu tenho de vocês :P.
    Aproveitem e continua a ver as coisas pela positiva! Bjs

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s