Este não é um post como os outros.

Este post é um desabafo. Pode não ser claro. Pode não fazer sentido, as palavras podem não ser as certas mas eu precisei de as deixar sair. Por um momento, aos poucos, para dar espaço a outras coisas. O último mês foi difícil, teve provações e perdas. E agora fica um vazio impreenchível e uma tristeza tão espessa que parece difícil de atravessar.

A tristeza é assim, vem sem pedir licença, sem se importar com os sorrisos que lhe atiramos ou as gargalhadas que usamos como arma. Ela não é mais forte que isso, mas é resistente e persiste por baixo da pele, por trás das lágrimas, escondida num cansaço que só descansa quando dá lugar à revolta.

O mundo continua, o tempo não pára. Às vezes era tão bom que parasse. Os comboios continuam nos carris, os aviões continuam a voar, a comida estraga-se. Há qualquer coisa de insensível na vida que rodeia a pessoa que está triste. É como uma multidão que nos empurra sem querer saber que não queremos ir por aí.

Há tantas palavras no mundo e nem uma serve para curar. Apaziguar, sim. Mas fechar feridas abertas não cabe às palavras. Dizem que cabe ao tempo. Espero que sim. Sei que sim, tenho de acreditar que sim. Tem de haver luz para além da tristeza. Se os rios não param de correr, se o mar não sossega as suas ondas, se o mundo continua, então que lave a tristeza e traga um curativo.

Há uma beleza melancólica na tristeza, um respirar fundo intercalado que nos faz sentir menos doridos de tempos a tempos. Um bálsamo para o coração. E depois o vento frio passa e fica aquela dor quente dos olhos inchados de tanto chorar. Este sal desinfecta, mas não cura. Lava a ferida, lambe a pele e vem quando menos se espera. Por pequenas coisas e por outras tão maiores. Por desespero, por frustração, por aceitação. Porque nada mais pode fazer. Porque nada mais podemos fazer.

“Mesmo a sobra
da mais vil desgraça
arrisca a ir
em frente.” Márcia

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s