Poznań 

Depois de viverem juntos em Lisboa, os dois casais internacionais separaram-se. A razão? O casal que continha o elemento polaco emigrou para a Polónia. 

Ficou a promessa de que haveria visitas e a recordação desses tempos no artigo da Liliana Valente: “O amor aterrou na cabeça deles em português, inglês, sueco ou polaco”. Podem ler ou reler aqui

Quase um ano depois foi a vez do casal com o elemento sueco emigrar para Gotemburgo e, agora que estávamos geograficamente mais perto uns dos outros havia ainda menos desculpas. 

Depois de rever todas as variáveis, lá conseguimos um fim-de-semana para nos vermos. 

Mesmo com voos a horas madrugadoras, valeu a pena o esforço. Os elementos de The House of International Love estavam de novo reunidos e, em apenas 2 dias, conseguimos passear imenso e provar muitas coisas boas. Os nossos anfitriões foram os melhores!

Poznań é muito bonita e muito rica em história – o que agradou muito ao elemento sueco desta relação. Já foi capital da Polónia e foi um dos palcos de uma das batalhas mais importante da história. 

No primeiro dia, visitámos a cidadela e o museu militar que lá se encontra. Pudemos ver tanques que participaram nos últimos esforços alemães para manter a Polónia sob o seu poder durante a Segunda Guerra Mundial, ver algumas das armas usadas e ler testemunhos dos soldados no terreno. 

  

Ao meio-dia a praça central de Poznań enche-se de gente para ver um duelo de cabras e nós não faltámos. Não é tão estranho quanto parece.

  

 Trata-se do encontro entre duas cabras por cima do relógio, que simulam marradas enquanto se ouvem as 12 badaladas. A lenda que lhe deu origem tem a ver com um imprevisto relacionado com uma cozinheira e duas cabras foragidas. O construtor do relógio quis mostrar o trabalho aos vereadores e preparou uma festa com boa comida. A cozinheira distraiu-se e queimou a carne, o relojoeiro vingou-se e roubou-lhe duas cabras. Na altura em que os vereadores apreciavam o novo relógio, as duas cabras fugidas subiram à torre e começaram a marrar uma na outra. A “ideia” foi aceite e de imedianto foi encomendado um mecanismo para reproduzir o evento. Como já estamos em Dezembro, tivemos o privilégio de ver as cabras já vestidas com o seu fato de Natal. 

  

À tarde fizemos algumas compras – eu precisava de umas botas – e à noite fomos jantar a uma cadeia de restaurantes polacos chamada Manekin. Provámos uma sopa no pão e enchemos a barriga de panquecas! Também foi aqui que provámos cerveja aquecida. Não adorei!
  

Ao final da noite fomos até ao bar Hola Hola, encontrar outros amigos.

O segundo dia teve uma manhã de passeio pelas margens do lago artificial, que existe em Poznań. Depois dessa caminhada de 5 km fomos até à ilha onde se encontra a catedral. Foi após esta visita que provámos pirogue – uma das iguarias mais típicas.

  

Depois de almoço, fomos até um mercado de natal e nestas coisas é sempre bom ter um copo quentinho nas mãos, por isso comprámos vinho quente com mel e especiarias, bebida comum por aqui.

Passámos a noite em casa e ficámos acordados até às 3:00 da manhã, o nosso comboio partia pouco depois disso.

Foi pouco tempo, mas soube muito bem. Obrigada X. e I. ❤️

  

After living together in Lisbon, the two international couples got separated. The reason? The couple that contained the Polish element moved to Poznan.

There were promises that there would be visits and we kept the memory of the times we lived together in the article by Liliana Valente: “Love landed on their head in Portuguese, English, Swedish or Polish.” That you can read or reread here.

Almost a year later it was the turn of the couple with the Swedish element to emigrate to Gothenburg and now that we were geographically closer to each other, there was no excuses.

After reviewing all the variables, we managed an weekend to see eachother.

Even with unholy timed flights, it was worth the effort. The elements of The International House of Love were reunited once more, and in two days, we walked a lot and tasted a lot of good things. Our hosts were the best!

Poznań is very beautiful and very rich in history – which greatly pleased the Swedish element of this relationship. It was once the capital of Poland and was one of the stages of one of the most important battle in history.

On the first day, we visited the citadel and the military museum. We could see tanks that took part in the last German efforts to keep Poland occupied during the Second World War, see some of the weapons used and read testimonies of the soldiers on the field.

At noon the central square of Poznan fills up with people to see a duel of goats and we did not want to miss it. It’s not as strange as it sounds. It is the encounter between two goats on top of the clock, hitting each other while they hear the 12 sounds of the bell. The legend has to do with a distracted cook and two runaway goats. The clock builder wanted to show his work to the city councilors and he prepared a feast for the event. The cook got distracted and burnt some of the meer, so the watchmaker took revenge by stealing two goats. By the time the councilors were appreciting the new watch, the two runaway goats climbed the tower and began to hit each other. The “idea” was accepted and a mechanism was ordered to recreate the event. Since we are in December, we had the privilege to see the goats already dressed in their suit for Christmas.

In the afternoon we did some shopping – I needed winter boots – and at night we had dinner at a chain of Polish restaurants called Manekin. We had a soup in a bowl of bread and a lot of pancakes! We also tried warm beer. I did not fall in love with it!

At the end of the night we went to the bar Hola Hola, and met other friends.

The second day we went for a walk along the banks of the artificial lake that exists in Poznań. After this 5 km walk we went to the island where the cathedral is located. It was after this visit that we tried pirogue – one of the most typical food from Poland.

After lunch we went to a Christmas market and walking around in these things is always better when you have a warm cup in your hands, so we bought warm wine with honey and spices, a common drink around here.

We spent the evening  in the house and stayed up until 3:00 in the morning, because our train left shortly after that.

It was a short visit, but it felt so good. Thank you and I. X. ❤️

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s