Vouyerism

Como venho de um país algo conservador, para mim é estranho não ver cortinas nas janelas.

Mas, por aqui, se há tecido pendurado no topo é curtinho; e se forem cortinas a sério estão sempre abertas. Vidros à mostra e um candeeiro no parapeito (interior).

Tanto o facto de não usarem cortinas como o facto de terem um candeeiro à janela, tudo resulta numa combinação muito feliz para quem – como eu – tem a mania de espreirar para dentro da casa dos outros. Portanto, essa é a pequena alegria que uso para combater o facto de anoitecer depois de almoço. Sim, fica escuro, mas hey! podemos cuscar as casas no regresso a casa.

Para alguém que também tem por hábito criar histórias por tudo e por nada, material não falta!

Since I come from a country somewhat conservative, I find it strange when I don’t see curtains on the windows.

In Sweden, if there are any curtains, they are made of short hanging fabric at the top or the long “normal” curtains are always open. Windows on display and a lamp on the sill (inside).

The fact that they do not use curtains and the fact that they have a lamp the window results in a very happy combination for those who – like me – have the tendency to look into the houses. So this is the little joy I take away from the fact that the sun sets after lunch. Yes, it is dark, but hey! we can peak into the houses on the way home.

For someone who also has a habit of creating stories for every little detail, that’s some good material!   

 

   

Anúncios

2 thoughts on “Vouyerism

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s