Bröd

Em Lisboa, tinha uma máquina de fazer pão e habituei-me a fazer o meu próprio pão com os ingredientes que eu escolhia. Como vocês podem imaginar, uma máquina de fazer pão não é algo que se possa levar na bagagem de mão ou na já-cheia-de-roupas-de-inverno mala de porão.

Portanto tive de me habituar à ideia de ter de comprar pão outra vez. O pão na Suécia é muito bom. Normalmente é escuro e com muitas sementes…é rico e saboroso. Mas – como a maioria das coisas aqui – é um bocadinho caro.Acontece que tínhamos farinha em casa e dei por mim a pensar que podia voltar aos velhos hábitos.  Mas desta vez sem uma máquina de fazer pão, portanto com mais trabalho.

Por norma, sou incapaz de seguir uma receita, por isso tirei dicas de várias e criei a minha própria receita. Aqui está ela:

2 ovos
aprox. 1 kg farinha
1 saquinho de fermento seco
2 colheres de sopa de manteiga
1 copo de leite
sementes de girassol e linhaça

É só misturar tudo, amassar com as mãos e moldar até que fique uma massa ligada que não agarre aos dedos. Deixar descansar por alguns minutos e colocar em forno pré-aquecido.

Ficou muito bom!

——

Back in Lisbon I had a bread maker and got used to make my own bread with the ingredients that I chose. As you can imagine, a bread maker is not something you can fit in your carry-on luggage or in your already-filled-with-winter-clothes checked-in one.

So I was bound to get used to buy bread again. Swedish bread is very good. Usually very dark and with a lot of seeds… very rich and tasty. But – as are most of the things here – somehow expensive.

Since we had flower laying around the house I started entertaining the idea of getting back to old habits. But this time without a bread maker, so there’s a little more work involved.

As I seam to be incapable of following a recipe, I took some hints from a few recipes and created my own. Here it is:

2 eggs
aprox. 1 kg of flower
1 bag of dried yeast
2 spoons of butter
1 glass of milk
sunflower seeds and linseeds

So you basically mix it all, grab it with your hands and mold it until it has turned into a consistent mass. Let it rest for a few minutes and put it in the pre-heated oven.

It turned out very good!

image

Anúncios

3 thoughts on “Bröd

    1. Hey @atkokosplace! I actually did it in no more than 200 degrees. I was afraid 350 degreess would make it to hard on the oustside and not done inside. But I’m no authority in the kitchen, so try it out and let me know how it goes! 😀

      Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s